Notícia

Aldeia da Cerdeira – Aldeia da Inovação Social


[+] Ampliar
Encontro decorre entre 4 e 5 de julho e conta com a presença de diversos membros do Governo e de Instituições.
A aldeia da Cerdeira, na Serra da Lousã, foi a localização escolhida para a realização desta iniciativa pioneira, que tem como principal objetivo dar a conhecer a grande diversidade de projetos que têm vindo a ser apoiados no âmbito da iniciativa pública Portugal Inovação Social, e os resultados positivos e transformadores que estes projetos têm atingido graças a este apoio, que tem como origem vários programas operacionais do Portugal2020.
O programa completo da Aldeia da Inovação Social já se encontra disponível e inclui uma mostra de projetos, várias sessões de conferências e debates e uma programação cultural para crianças, famílias e todos os que quiserem juntar-se a esta grande celebração da inovação social.
A sessão de abertura, a 4 de julho, pelas 10h00, tem já confirmadas as presenças do Presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes, do Presidente da Portugal Inovação Social, Filipe Almeida, do Presidente do Conselho Diretivo do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Domingos Lopes, da Representante da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Alves, da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.
Os debates serão realizados ao longo dos dias 4 e 5 de julho. Na quarta-feira, 4 de julho, destacam-se os debates Todos podemos mudar o mundo, com os empreendedores sociais António Bello, do Just a Change, Miguel Neiva do ColorADD e Celmira Macedo do EKUI Alfabeto; Incubar e acelerar novas respostas aos desafios sociais com Liliana Simões, da Microninho, Diana Sá, da IRIS - Incubadora Regional de Inovação Social e Rita Casimiro da Impact Generator e, por fim, Inovação social premiada: projetos que se diferenciaram, com moderação de Margarida Pinto Correia e com os vencedores ou finalistas de competições de inovação social promovidas por entidades parceiras do evento, como o PAES, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (projeto SPOT), o Montepio Social Tech, do Montepio (Aidhound), o prémio Fidelidade Comunidade, da Fidelidade (Patient Innovation) e o Social Innovation Tournament, do Instituto do Banco Europeu de Investimento (Adopta un abuelo).
Já no dia 5 de julho, destacam-se as sessões Títulos de impacto social: investir, testar e avaliar, com moderação de António Miguel, da MAZE, e a presença de Madalena Virtuoso, da Academia de Código, Mariana Mira Delgado, do Projeto Família, Inês Oliveira e Carmo, do Faz-Te Forward, e Francisco Palmares, da Fundação Calouste Gulbenkian; Porquê ser investidor social?, com moderação de Nathalie Ballan do projeto Sair da Casca e a presença de Luís Jerónimo, da Fundação Calouste Gulbenkian, Luísa Ferreira do Instituto do Banco Europeu de Investimento e de Fernando Amaro da Caixa Económica Montepio Geral.
Destaca-se ainda a apresentação das ideias finalistas do Concurso de ideias inovadoras para a prevenção dos incêndios e revitalização das zonas afetadas.
Ao longo dos dois dias, as equipas finalistas participarão num Bootcamp em Empreendedorismo Social que culminará nesta apresentação pública. Este concurso foi lançado este ano pela Portugal Inovação Social, em parceria com o IES – Social Business School, de forma a contribuir para a prioridade nacional dada à dinamização dos territórios de baixa densidade do interior do país e na sequência da devastação provocada pelos incêndios de 2017 na região Centro – um dos motivos que levaram à escolha da Cerdeira para realizar a primeira Aldeia da Inovação Social.
A Aldeia da Inovação Social conta ainda com um programa paralelo, dirigido a vários públicos, desde profissionais do setor a curiosos, famílias, alunos de todas as idades ou professores, que pode ser consultado aqui, com workshops e outras iniciativas promovidas pelos vários projetos apoiados no âmbito da Portugal inovação Social.
Além deste programa, uma Mostra de Projetos, exposições de fotografia, performances artísticas, emissão em direto com a Rádio Miúdos e outras surpresas e atividades especiais terão lugar ao longo dos dois dias em toda a aldeia.
Partilhar no Facebook