Plano Municipal de Combate às Dependências



Na área das dependências o Concelho da Lousã deu os primeiros passos em Julho de 2001, aquando da assinatura de um protocolo com o Instituto Português da Droga e Toxicodependência para execução do Plano Municipal de Prevenção Primária das Toxicodependências (PMP), o primeiro a nível nacional.

Depois de realizados alguns estudos sobre as dependências no Concelho da Lousã e ainda em execução o primeiro PMP, a CML decide promover e executar a partir de 2002, o PROGRAMA MUNICIPAL DE COMBATE ÀS DEPENDÊNCIAS, com uma série de acções com intervenção nas áreas da Prevenção Primária, Secundária e Terciária.

Os objectivos deste Programa passam por desenvolver acções de prevenção junto de jovens; motivar e sensibilizar o alcoólico/toxicodependente para o tratamento; promover a sua inserção sócio-profissional e apoiar a família neste processo, além de sensibilizar a Comunidade em geral para a problemática das diversas dependências; envolver diversos parceiros no desenvolvimento de actividades preventivas e rentabilizar os recursos existentes na Comunidade.

O Programa Municipal de Combate às Dependências, com uma série de acções esboçadas a pensar no contexto no qual se pretende aplicar – o Concelho da Lousã – é um Plano a desenvolver em vários anos, pautando-se essencialmente por acções com uma certa continuidade no tempo e não tanto por acções pontuais.

Desde o trabalho de rua, atendimento de porta aberta, passando pelo estabelecimento de protocolos com diversas entidades, até à dinamização de grupos de interesse e intervenção interdisciplinar, estas são algumas das metodologias que marcam este Programa Municipal, e para o qual foram estrategicamente pensadas uma série de acções divididas por três áreas de prevenção.


Prevenção Primária

a) Plano Municipal de Prevenção Primária das Toxicodependências
b) Projecto “Crianças em Risco”
c) Acções de Sensibilização
d) Actividades em bares e discotecas
e) Projecto “Cocktail”
f) Workshops “Os Jovens e a Sociedade do Século XXI”
g) Ciclo de Cinema

Prevenção Secundária

h) Equipa de Rua “Integrar”
i) Formação

Prevenção Terciária

j) Protocolo de Colaboração com a Segurança Social, Centro de Saúde da Lousã e Associação Integrar
k) Protocolo de Colaboração com o Centro de Alcoologia da Região Centro e Centro de Saúde da Lousã


A importância crescente da prevenção primária na luta contra a problemática das dependências é bastante visível neste Programa executado pela CML, uma vez que se constitui como um dos vectores essenciais de qualquer estratégia integrada de controlo do “problema das drogas”. As acções relacionadas com este nível de prevenção são abrangentes, estando a CML a apostar de forma incisiva em grupos-alvo em idade escolar, de forma a prevenir futuros riscos.

Já ao nível da intervenção, patente nas prevenções secundária e terciária, a CML tem como objectivo primeiro a formação de agentes de intervenção, nomeadamente de técnicos da área Social, Saúde e Ensino, trabalho este que tem vindo a ser desenvolvido através de parcerias estabelecidas com o CAT de Coimbra e CRAC. O acompanhamento psicossocial realizado no Sector de Desenvolvimento Social e Saúde da CML tem-se revelado também uma eficaz forma de intervenção.

O Plano Municipal de Prevenção Primária das Toxicodependências em 2001, foi o primeiro passo dado ao nível Concelhio na área das dependências, encontrando-se de momento na sua 3ª edição. O Instituto da Droga e Toxicodependência, parceiro desde o primeiro momento financia 60% destes Planos; a CML 20% e as entidades promotoras outros 20%. Além deste financiamento a CML disponibiliza ainda, cerca de 7.000 € para execução do restante Programa Municipal de Combate às Dependências.


FONTE: Diagnóstico Social - Concelho da Lousã
Partilhar no Facebook